Por Vinicius Costa Martins

O pré-candidato a presidente da República pelo PDT, Ciro Gomes, esteve nesta quinta-feira (31) na cidade de Pirapora do Bom Jesus para prestigiar um evento realizado pelo candidato do partido para a prefeitura da cidade, Neno.

Acompanhado pelo presidente da JS-SP, Ewerton Carreirinha, e os pré-candidatos a deputado estadual Ueber e Solange Theodoro e o pré-candidato a deputado federal André Gaetta, o presidenciável foi recebido acaloradamente por cerca de uma centenas de pessoas no Rancho Camargo e fez um breve discurso sobre os problemas que o país vem enfrentando no momento.

Com pouco mais de 18 mil pessoas, o município de Pirapora do Bom Jesus enfrenta um momento delicado de transição política. O vencedor do pleito em 2016, Raul Bueno (PTB), teve seu registro barrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE-SP) por conta de um convênio reprovado pelo Tribunal de Contas (TCE) nos mandatos anteriores, ação que, segundo Raul, teria sido impetrada por seus opositores.

O prefeito interino, o presidente da Câmara, Dany Floresti (PSD), é aliado do ex-prefeito Gregório Maglio (PMDB), que foi superado por Raul, e tem deixado a impressão de que quem continua no comando da cidade segue sendo o ex-prefeito que perdeu a eleição. A eleição será neste domingo (2) e aparece como uma oportunidade de renovação e legitimidade para a cidade.

O PDT/SP realizou uma entrevista com o candidato após a visita de Ciro Gomes.

Candidato do PDT, Nêno, e presidenciável Ciro Gomes juntos no palanque

PDT/SP: Quais serão os principais pontos na sua eventual gestão em Pirapora do Bom Jesus?

Nêno: Infelizmente nós estamos passando por um momento muito delicado na área da Saúde. O tripé da nossa gestão será a Saúde, Educação e Segurança, que ta muito precária. Estamos vivenciando uma eleição fora de época, até porque dos candidatos que disputaram a última eleição, o eleito foi preso e a cidade está enfrentando uma grave dificuldade na questão das documentações. O muitas pessoas que estão sendo candidatas estão com problema na justiça e hoje só há dois candidatos aptos a assumir: eu sou um deles.

PDT/SP: Se você assumir a Prefeitura, qual será o seu primeiro ato em relação à saúde?

Nêno: Nós vamos transferir o hospital que está no centro da cidade para outro espaço chamado AME, o ambulatório médico de especialidades, um espaço mais adequado, mais amplo, mais arejado, com mais leitos, já que o atual não comporta a demanda da cidade. Outro ato será colocar as unidades de saúde para funcionar no bairro do Parque Payol 1 e 2, Green Hills e Itaquara Parque que já possuem o espaço para o funcionamento, mas que não estão funcionando.

PDT/SP: Em relação às demandas por uniformes escolares, como o Sr. vê essa questão?

Nêno: Há muitos anos que não há uniformes escolares. Nós vamos fazer essas doações, assim como a do kit material. O que nós temos que fazer é cortar gastos para colocar a casa em ordem e ajudar a cidade a andar.

PDT/SP: E tendo em vista o forte papel turístico dos romeiros em Pirapora do Bom Jesus, como você vê a decisão de dificultar a entrada destas pessoas na cidade?

Nêno: Nós vamos reverter todas essas decisões. Vamos montar um grande espaço que será o Parque dos Romeiros para que a cidade possa atender melhor a demanda dos romeiros, tentando traze-los de volta para a cidade. A cidade sempre viveu do turismo, eu mesmo sempre vivi do turismo. Então nossa gestão trabalhará para que eles possam retornar à cidade.

Veja as fotos do evento: